[PORT] O vento acariciava seu rosto, enquanto as lágrimas teimavam em deslizar sobre a face gelada. O clima típico de outono deixava a paisagem melancólica. O céu cinzento refletia a cor da sua alma naquele momento. Um misto de solidão e desespero invadia seu peito amargurado. Seria ele capaz de amar novamente? Existe vida após uma intensa paixão? Não conseguia achar uma resposta e aquilo o deixava inquieto. Ele, que sempre fora racional ao extremo, não sabia como lidar com aquela situação. Mas enquanto caminhava, e chorava, lembrou-se do que sempre dizia aos seus alunos: não existem respostas fáceis para equações complexas. E sem querer, deixou escapar um sorriso.

©Ewerthon Tobace, da série microcontos de amor, 23/10/2012

All the pictures are mine. Photos: ©ETo2019

© Todos direitos reservados à Ewerthon Tobace. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. © All rights reserved to Ewerthon Tobace. This material can not be published, broadcast, rewritten or redistributed without permission.

Jornalista, paulista, amante de boa comida, de gatos, de teatro, de livros e de tudo de bom que a vida oferece. Um dia, meu avô resolveu enfrentar o desconhecido. Chegou ao Brasil, de mala e cuia, sem falar o português e lá criou os filhos. Agora, faço o caminho inverso e, a cada dia, descubro os fascínios da "terra do sol nascente".

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: