[PORT] O vento acariciava seu rosto, enquanto as lágrimas teimavam em deslizar sobre a face gelada. O clima típico de outono deixava a paisagem melancólica. O céu cinzento refletia a cor da sua alma naquele momento. Um misto de solidão e desespero invadia seu peito amargurado. Seria ele capaz de amar novamente? Existe vida após uma intensa paixão? Não conseguia achar uma resposta e aquilo o deixava inquieto. Ele, que sempre fora racional ao extremo, não sabia como lidar com aquela situação. Mas enquanto caminhava, e chorava, lembrou-se do que sempre dizia aos seus alunos: não existem respostas fáceis para equações complexas. E sem querer, deixou escapar um sorriso.

©Ewerthon Tobace, da série microcontos de amor, 23/10/2012

All the pictures are mine. Photos: ©ETo2019

© Todos direitos reservados à Ewerthon Tobace. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. © All rights reserved to Ewerthon Tobace. This material can not be published, broadcast, rewritten or redistributed without permission.

Advertisements

Jornalista, paulista, amante de boa comida, de gatos, de teatro, de livros e de tudo de bom que a vida oferece. Um dia, meu avô resolveu enfrentar o desconhecido. Chegou ao Brasil, de mala e cuia, sem falar o português e lá criou os filhos. Agora, faço o caminho inverso e, a cada dia, descubro os fascínios da "terra do sol nascente".

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: